fbpx

A importância de entender a tendência de perfil comportamental da criança

Compartilhe!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Perfil comportamental da criança
A subjetividade é uma das principais características do ser humano. É ela que nos define como indivíduos e deixa nossa marca no mundo. Mas você já observou que algumas pessoas são muito semelhantes na forma como lidam com as situações no dia a dia?

A subjetividade é uma das principais características do ser humano. É ela que nos define como indivíduos e deixa nossa marca no mundo. Mas você já observou que algumas pessoas são muito semelhantes na forma como lidam com as situações no dia a dia? Isso acontece porque provavelmente elas têm o mesmo perfil comportamental e, consequentemente, apresentam comportamentos predominantes parecidos. 

Diante disso, podemos definir o perfil comportamental como um conjunto de características que influenciam em como alguém observa, interpreta e reage ao mundo. Nesse sentido, é importante ressaltar que não se trata de algo definido, que vai determinar a vida das pessoas, mas de características (competências) que podem se mostrar com maior ou menor intensidade. E esse aspecto vai depender do grau de maturidade e flexibilidade de cada um. Vou explicar melhor!

Os quatro fatores comportamentais da Teoria DISC

A curiosidade em saber se seria possível classificar pessoas em perfis comportamentais é algo antigo e foi objeto de várias pesquisas. Uma que se destacou foi a do psicólogo William Moulton Marston. Após diversos estudos, ele observou que algumas características aparecem de forma recorrente em todos os indivíduos, mas algumas delas eram mais fortes em uns do que em outros. A partir disso, Marston conseguiu separar essas características mais predominantes em quatro fatores básicos:

  • Dominante (D): pessoas com alto fator D, conhecidas como Dominantes, são normalmente caracterizadas por serem bem decididas e competitivas. Elas sabem o que querem e vão atrás de conseguir, por isso são bem focadas no resultado e muito exigentes. Elas possuem grande comando e tem a necessidade de influenciar pessoas.
  • Influente (I): uma pessoa com alto fator I é muito sociável e precisa estar perto de pessoas. São, portanto, do tipo que fazem amizade com facilidade e sempre têm um assunto para falar. Outra característica importante, é que os influentes têm sempre um olhar positivo sobre as diversas situações. Além disso, têm um alto poder de persuasão e gostam de se destacar e serem reconhecidos.
  • Estável (S): os estáveis são caracterizados por serem mais introvertidos, embora também gostem de estar perto de pessoas. Eles são calmos, sinceros e pacientes. Precisam de seguir uma rotina, pois assim se sentem seguros. São bastante diplomáticos e leais às pessoas que gostam e aos próprios princípios. Também são ótimos ouvintes, gostam de tomar decisões em grupo.
  • Conforme (C): por fim, os conformes são pessoas altamente precisas e detalhistas, por isso, são muito conhecidas pelo perfeccionismo. Inclusive, isso faz com que eles sejam muitas vezes centralizadores de tarefas. Os conformes são normalmente pessoas formais, bastante organizadas e disciplinadas.

Os quatro fatores comportamentais são a base da Teoria DISC de Marston. E é importante ressaltar que todas as características distribuídas aos fatores estão presentes em todas as pessoas. O que vai determinar o perfil comportamental, portanto, é a predominância dessas características. Os influentes, por exemplo, normalmente demandam menos energia para fazer novas amizades do que os conformes, que são mais focados nas regras e nos resultados.

Por que saber a tendência de perfil comportamental da criança

Uma das vantagens de compreender as características de cada perfil e identificar os fatores mais fortes nas pessoas ao nosso redor é a possibilidade de se comunicar de forma mais assertiva com cada uma delas. E isso é importantíssimo quando trazemos para a relação familiar, pois nos ajuda a entrar no mundo das crianças, potencializar seus pontos mais fortes e melhorar os mais fracos. Isso não apenas ajuda a nutrir capacidades, habilidades e valores importantes, mas também fortalece a conexão familiar.

Por exemplo: quantas vezes você já ouviu algum pai reclamar que o filho é muito sensível, mandão, tagarela ou curioso? Muitas, não é mesmo? Grande parte dessas famílias acabam perdendo a paciência e, consequentemente, forçam as crianças a serem algo que não está na essência delas. O resultado é que o filho se sente incompreendido, errado e não amado. Tudo isso porque a família não sabe a tendência do perfil comportamental dele e não entende seus desafios e motivadores.

Essa questão é algo que nos motivou a pensar nossas caixinhas de forma diferente, para ajudar a família a entender o perfil dos filhos e a nutrir as competências dos quatro fatores. Para isso, a Mini Mega Welcome Box, a primeira caixinha que nossos assinantes recebem, oferecem acesso ao relatório CIS Assessment. Com ele, os pais conseguem identificar qual é a tendência de perfil comportamental dos filhos, as principais características referentes ao perfil deles e o mapeamento de como estão as 16 competências dos quatro fatores. 

A parceria entre o Mini Mega Leitor e o CIS Assessment

O Cis Assessment é um sistema referência no mercado para análise de perfil comportamental. Ele oferece um relatório completo sobre o perfil identificado, ajudando a pessoa potencializar seus pontos fortes e melhorar os fracos. É por essa razão que temos uma parceria com eles. Assim garantimos que as famílias encontrem mais formas de se conectarem e se comunicarem melhor com nossos mini mega leitores, e nutram competências, habilidades e valores com Literatura Infantil de alta qualidade.

O texto hoje foi longo, porque esse assunto pede muita explicação. Mas se ainda ficou alguma dúvida, escreva-a nos comentários.  Ficaremos felizes em ajudá-lo!

Deixe um comentário